Início DESTAQUE Ouro Preto: PM prende em flagrante dois dos quatro jovens suspeitos de terem furtado restaurante

Ouro Preto: PM prende em flagrante dois dos quatro jovens suspeitos de terem furtado restaurante

Ouro Preto: PM prende em flagrante dois dos quatro jovens suspeitos de terem furtado restaurante
0
A polícia teve que atingir um dos suspeitos com dois disparos de bala antimotim para poder contê-lo.

A Polícia Militar da Estância Turística de Ouro Preto do Oeste prendeu em flagrante dois dos quatro jovens suspeitos de terem invadido e furtado o estabelecimento comercial “Restaurante Brasinha”. O fato aconteceu na noite desta terça-feira (15), na avenida XV de Novembro, bairro Jardim Tropical.

Segundo a polícia, uma testemunha teria ligado para o 190 e informado que pessoas estariam furtando o Espetinho Brasinha. De imediato, uma guarnição foi acionada e, ao se aproximar, foi vista pelos suspeitos, que empreenderam fuga. Os dois militares que estavam na viatura se separaram e passaram a perseguir dois dos quatro suspeitos.

Um dos policiais conseguiu alcançar Ronicley Silva Rodrigues, de 18 anos, próximo à rodoviária, localizada no Camelódromo, às margens da BR-364. Por estar sozinho e de posse de uma espingarda, o militar ficou impossibilitado de imobilizar o suspeito e, para contê-lo, inicialmente efetuou três disparos de projéteis calibre 12, não letais (bala de borracha), para o alto.

Mesmo com os tiros de advertência, o PM relatou que Ronicley veio em sua direção, obrigando-o a atingi-lo com dois disparos antimotim, no braço e na perna, ambos do lado esquerdo. Em seguida, o suspeito se rendeu, sendo contido e algemado. O policial disse ainda que foram localizados uma garrafa pet de dois litros e cinco latas de refrigerante, um pacote de paçoquinha contendo 45 unidades e, de posse do detido, a quantia de R$ 187,00.

Consta no boletim policial que Ronicley teria dito aos policiais que devolveria a quantia em dinheiro apreendida com ele, caso não fosse registrada a ocorrência. Afirmou também que além dele, outras três pessoas praticaram o furto. Porém, dois conseguiram fugir levando vários objetos.

Já o outro suspeito, Joilso Rodrigues da Cruz, de 20 anos, que também foi perseguido e preso pela polícia, alegou que sua participação no furto foi apenas de observador do lado de fora do estabelecimento para que os demais praticassem o crime. Foram recuperados, além dos objetos encontrados com Ronicley, um aparelho celular, uma tesoura e duas carteiras porta-cédulas.

Para entrarem no estabelecimento, os suspeitos subiram no telhado e arrombaram o forro, após retirarem uma das telhas. Os dois detidos e os objetos apreendidos foram entregues na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp).

Fonte:GazetaCentral

Imprimir

Comentarios

Comentarios